Eleições

Eleições

urna_de_voto06

     Dia 24 é o dia de nossas eleições escoteiras, quando escolheremos a Diretoria Regional (equivale ao nosso Governador) para os próximos 3 anos. Além destes também votaremos para eleger o Conselho Fiscal, a Comissão de Ética e Disciplina e o candidato do Rio Grande do Sul ao Conselho de Administração Nacional (CAN). Este último para concorrer nas eleições nacionais, em Recife, no final de abril.

     Esta eleição é por delegados e cada grupo escoteiro tem direito a pelo menos 2 votos, podendo ser mais de acordo com o tamanho do grupo.

     Apoiamos a chapa liderada pelo chefe Márcio Sequeira, composta por Rebeca Pizzi Rodrigues, Paulo Palma, Ricardo Freitas e Breno Dias. Individualmente, sou candidato a concorrer para Conselheiro Nacional.

     As inscrições se encerraram dia 13, quarta-feira, mas o Escritório Regional do Rio Grande do Sul não divulga nem os nomes nem a quantidade de candidatos inscritos para concorrer para cada cargo, nem no site nem por contato pessoal. Portanto, não sabemos o tamanho deste processo eleitoral. Só a Diretoria Regional sabe quantos e quais são os candidatos.

     Como estou concorrendo, gostaria de reafirmar meu compromisso, expondo algumas idéias.

     Quero ser Conselheiro Nacional porque acredito que posso contribuir para a melhoria e crescimento do escotismo brasileiro. Não escolhi ser escoteiro, como a maioria de nós que foi levado pelos pais ou amigos para um grupo. Eu nasci em uma família escoteira, portanto já estava completamente envolvido. Fui absorvido. Sou a terceira geração de escoteiros da família, portanto, desde bebê já convivia com o movimento. De promessa conto 32 anos de escotismo. Meu avô, chefe de grupo, morava ao lado da sede, isto quando ela foi construída, porque a primeira delas foi seu antigo galpão aviário, no pátio da casa. A família Roth é escoteira desde 1941.

     Este resgaste histórico é para mostrar que o escotismo é parte constante da minha vida e nunca ficou limitado às tardes de sábado, embora isto por si só não signifique que eu seja mais qualificado, apenas muito dedicado e envolvido.

     Nunca deixei de trabalhar com os jovens, portanto, mais que um teórico ou acadêmico do escotismo, sou um chefe de tropa, acostumado a ouvir os jovens, particularmente as Cortes-de-Honra, que penso ser uma das idéias mais geniais de Baden-Powell. Mesmo minhas experiências internacionais escoteiras foram chefiando tropas, acompanhando os jovens.

     Contudo, não deixei de completar a formação do chefe, concluindo em 1997 a Insignia da Madeira e na ânsia de escrever e expor idéias, iniciei este blog há mais de ano e escrevi um livro contando os 25 anos de história do Chama Farroupilha, um grupo escoteiro do interior e que é um sucesso em sua comunidade, porque pensamos que o grupo tem que estar voltado para a sua comunidade.

     Gostaria de um Conselho Nacional que mostrasse seu trabalho não somente através das atas e resoluções, mas também de uma maneira informal, direta e objetiva. Esta é uma promessa de campanha, expor neste blog resumos informais das reuniões, impressões pessoais e palpites. Afinal, as reuniões são públicas. Uma das muitas sugestões que ouvi durante esta campanha visitando grupos, Indabas e reuniões de ramo foi o acesso direto e objetivo à informação.

     Também acredito que o longo caminho de crescimento que o escotismo brasileiro tem que trilhar, se comparado a qualquer país do mundo, está baseado nos grupos escoteiros e no que as administrações centrais podem apoiar e oferecer. Assim fizemos nosso grupo crescer, tanto no patrimônio humano quanto imobiliário e financeiro.

     Recentemente eleito como Papa Francisco, o Cardeal Bergoglio sempre insistiu com os religiosos argentinos, particularmente as freiras, para que “saíssem e caminhassem pelas ruas”, convicto de que, “se a igreja não sair de si, perecerá”. Pensamos também que o escotismo precisa se voltar para a sociedade, sair das sedes e escritórios, aparecer espontaneamente e não apenas a convite. Somente assim despertaremos o interesse daqueles que nos rodeiam, da mídia, da população, para aquilo que fazemos.

     Tenho muitas intenções. Neste momento gostaria de reforçar minha candidatura, convidar aos amigos para que visitem este blog porque estou escrevendo aqui há mais de um ano e talvez seja esta a melhor maneira das pessoas me conhecerem, e que também é um canal aberto para qualquer escoteiro me achar e conversar comigo, mesmo que não tenha meu email ou número de telefone.

     Mas, principalmente, enfatizar a questão da transparência, uma das principais bandeiras da chapa “O Escotismo que queremos”. As pessoas precisam saber de forma fácil e acessível, precisam ter acesso a informação, precisam saber como votar, como se candidatar, quem tem direito, como fazer para ter direito, quantos candidatos são. Se não conhecermos previamente todos os candidatos, como poderemos escolher serenamente, com calma e ponderação. Delegados de grupo precisam ouvir as bases que o elegeram, pois representam as famílias. Democracia e processo democrático. Voto é coisa séria. Sem informação, não nos sentimos parte do processo e não crescemos.

Por fim, e para reflexão, lembremo-nos de dois artigos de nossa Lei que juramos obedecer e pautar nossas vidas: “O escoteiro tem uma só palavra, sua honra vale mais que a própria vida; O Escoteiro é LEAL.”

SAPS

urna-eleicao-330x200

About mrvolkweis

Escoteiro no Grupo Escoteiro Chama Farroupilha 183 RS.

Posted on 15 de Março de 2013, in Filosofia do movimento, Histórias do Escotismo and tagged , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 2 comentários.

  1. boas tardes:

    É realmente “interessante” o fato colocado a respeito da divulgação dos nomes, ainda bem que já temos conhecimento antecipado de boas opções para o voto de nossos grupos. Sucesso..

    • Pois é. Não só ninguém sabe quem são os concorrentes, como também não se sabe quantos são, embora todas as fichas tenham passado pelas mesmas mesas. Outro fato curioso é que se desconhece as razões deste mistério. Se as inscrições se encerraram para todos no dia 13, o que estamos esperando?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: