Arquivos de sites

Retrospectiva 2014

Fim de ano é um período de retrospectivas e revisando as atividades do Chama Farroupilha em 2014, destacaram-se, entre todas, as seguintes ações do grupo:

  • Fechamos o ano com 78 pessoas registradas, sendo 4 isentos. Em 2013 eramos 72, com 2 isentos. Em 2012 fomos 79, com 4 isentos. Em 2011 tivemos nosso maior efetivo até hoje, com 82 registrados, quando concorremos pela única vez ao Prêmio Aurélio Azevedo Marques. Destaca-se que o município de Triunfo (segundo IBGE 01/07/2014) apresenta 27.638 habitantes, em uma área de 823,41 Km², sendo um município grande com um centro urbano pequeno.

1 - triunfo (2)

 

2 - triunfo 2 (2)

  • Nossa pontuação no grupo padrão, após as validações ainda necessárias, nos permite projetar o Padrão Ouro pelo oitavo ano consecutivo.

DSCN9925

  • Participamos da campanha institucional dos escoteiros do Brasil de reciclagem de celulares, em parceria com a Reciclecel.

DSCN0516

  • Participamos do XXIII MUTECO (Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica), visitando a estação de tratamento de água do município, operada pela CORSAN.

  • Participamos do 16°. MUTCOM (Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária) com jogos da melhor idade na praça central da cidade.

  • Presentes no 18°. JOTI (Jamboree on the Internet), obtivemos o grau Diamante no evento.

DSCN0509

joti 2014

  • Um delegado presente na Assembléia Regional Ordinária, realizada na cidade de Rio Grande.

  • Foi apresentado um trabalho na forma de poster na V Feira Nacional de Projetos Escoteiros, em Belo Horizonte.

DSC_0095

  • O grupo esteve representado por um integrante no XX Congresso Escoteiro Nacional e na Assembléia Nacional Ordinária, em Belo Horizonte.

detalhe_84

  • Um chefe do grupo é selecionado para Equipe Nacional de Relações Internacionais dos Escoteiros do Brasil, participando da Indaba da equipe (encontro de chefes), em Curitiba, além de outras ações.

detalhe_83

  • Um membro do grupo participou da 40 Conferência Escoteira Mundial, na Eslovênia.

DSCN9934

  • Três escoteiros conquistaram a Lis de Ouro, maior distinção para o ramo.

  • A tropa escoteira participou do VII Concurso de Fotografia dos Escoteiros do Brasil.

  • Foram realizados sete acampamentos pelas seções do grupo, sendo um de todo o Grupo.

  • Promovido um workshop, com profissional contratado, de confecção de pranchas e stand-up com garrafas pet recicladas.

DSCN9015

  • No total, foram 58 atividades distintas realizadas pelas diferentes seções e diretoria do grupo ao longo do ano.

afonso

 

triunfo promessa

  • Por fim, seremos sete participantes do VI Jamboree Nacional Escoteiro, no mês de janeiro de 2015, em Natal (RN).

  • Restou muito a ser feito, esperamos que em 2015 consigamos atingir todos nossos objetivos.

 

Anúncios

JOTI, Nós enlouquecemos

joti 2014

 

Essa é a quarta participação do Grupo Escoteiro Chama Farroupilha 183 RS no JOTI, sempre uma experiência muito envolvente e interessante, que desafia a organização e a capacidade de trabalho do grupo.

Sempre se destaca o trabalho e a dedicação da “Família Krause”, se não fosse por eles, nosso desempenho seria muito prejudicado. São eles José Carlos Krause Lopes, Berenice Teixeira Lopes, Alexandre Teixeira Lopes e nossa líder no evento, Letícia Teixeira Lopes.

Expomos aqui algumas das respostas produzidas e na outra parte, os bastidores da base.

Tarefas:

Bonecão do posto tá maluco, tá doidão. Tarefa #1, o primeiro membro da base, com a nossa cara no Joti, a Letícia Teixeira Lopes.

10516738_838988652800095_5479481794403306845_n

Amigos para sempre é o que nós queremos ser, na primavera ou em qualquer das estações.

10369686_839107612788199_2809350193041230691_n

10730839_839255542773406_9146487660809751321_n

Vai uma especialidade aí? Em um grupo cheio de gurias vaidosas…

10418182_839065749459052_1953013295150636993_n

Limpando o nariz sem usar os dedos.

10458782_839194546112839_3414503548122042564_n

História em quadrinhos

10269465_839193586112935_1718909793964903385_n

Avanço tecnológico, típico do Professor Pardal, será a solução para situações de emergências em acampamentos.

10703765_839119126120381_6299864818022354582_n

Somente os cadastrados, o desafio da coordenação:

1559522_839169492782011_6080303372369241191_o

 

 

Bastidores:

A “Workstation”:

Wi-Fi banda larga oferecido pelo diretor Luiz Carlos Machado, o Calo.

IMG-20141019-WA0000

DSCN0509

DSCN0499

DSCN0497

DSCN0535

Na “ilha de edição”, Chefe Letícia trabalhando e sendo observada pelo seu pai, Chefe Krause.

leticia dj

Equipe de apoio da alimentação, trabalhando na cozinha da sede.

DSCN0522

Base anexa, na Caverna Pioneira, movida a litros de refrigerante.

DSCN0505

Criando uma especialidade, de pé, na rua, olhando a chuva.

DSCN0512

Novo avanço tecnológico em produção no Laboratório de Tecnologia Avançada do Chama Farroupilha

DSCN0519

Mesas de trabalho e recreação

DSCN0492

Foi uma atividade muito boa, com certeza todos desfrutaram, fato percebido no semblante e comentários dos jovens.

Mais informações da participação do Chama farroupilha e tarefas completas podem ser acessados no blog oficial do grupo:

http://gechamafarroupilha.blogspot.com.br/2014/10/veja-as-tarefas-do-scout-joti-chalenge.html

De graça: Atividades Progressivas, Atraentes e Variadas

Os Escoteiros do Brasil oferecem aos grupos escoteiros uma extensa gama de atividades, com programa e data pré-definidos para serem aplicados pelos grupos locais. Participamos destas atividades há algum tempo e pensamos que elas são muito boas. Se não são melhores, é porque localmente estamos incrementando pouco ou simplificando o que foi proposto. Para a unidade escoteira, basta acessar o programa ou proposta e executá-la de acordo com sua realidade.

Frequentemente se escuta queixas a respeito de taxas e valores cobrados para atividades, como se as pessoas não soubessem o preço e custo das coisas. Saiam de casa com sua família e descubram, é fácil. Contudo, como estes eventos são aplicados pelo próprio grupo, é possível dimensionar os gastos como quisermos e até desenvolvê-los sem custo algum. Da mesma maneira, são oportunidades excelentes para o envolvimento com a comunidade, de aparecer em público, de sair da sede e ainda aparecer na mídia local, também uma queixa intermitente.

Outras atividades desta natureza se prestam menos para este perfil, mas são excelentes para envolver e motivar o grupo em torno de um objetivo comum a ser conquistado.

Após o evento, usualmente um relatório com fotos é exigido para validar a atividade, quando, então, o grupo receberá um Certificado de Participação e estará habilitado a comprar a baixo preço o distintivo do evento, na quantidade que desejar.

Estas atividades compreendem o JOTI (Jamboree on the Internet), o MUTECO (Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica), MUTCOM (Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária), Concurso de Fotografia, Troféu Grupo Padrão e Prêmio Aurélio Azevedo Marques.

Mas ao analisar a participação nestes eventos, percebemos que muito mais grupos poderiam estar envolvidos. O JOTI na sua última edição, de acordo com dados disponíveis no site do evento, atingiu16988 participantes. Um sucesso absoluto de público, mas infelizmente uma exceção. O XIV Mutcom ainda contabiliza seus números, mas o de 2011 contou 208 grupos escoteiros participantes.

O Troféu Grupo Padrão, na edição passada, contou apenas 161 grupos de todo o Brasil participando, sendo que do Rio Grande do Sul, foram apenas 22.

Considerando o XXI Muteco, a adesão é maior e no Rio Grande do Sul 55 grupos participaram.

O V Concurso Nacional de Fotografia apresentou este ano 102 inscrições validadas e na edição passada, o Prêmio Aurélio Azevedo Marques reuniu 67 unidades escoteiras.

Acontece que o Relatório Anual de 2011 dos Escoteiros do Brasil dá conta de 1.127 grupos escoteiros no país, que abrigam 69.477 participantes e as notícias deste ano é de que estamos crescendo, já temos mais membros que no ano passado.

Considerando as vantagens enumeradas inicialmente destes eventos, por que tão poucos participam? Por que não estamos aderindo a estas atividades que exigem pouco de nós, pois as idéias e o formato já vem prontos, basta aplicar com algumas adaptações a realidade local, simples de serem feitas?

Não temos respostas, mas fica a reflexão …