Arquivos Roth

Este espaço é dedicado a expor o material e idéias acumuladas e produzidas pelo Chefe Ernesto Walter Roth, meu avô. Natural de Montenegro, iniciou sua vida escoteira no extinto GE Guaycanãs, no Instituto Porto Alegre (IPA), onde era aluno interno, em 1941. Posteriormente, manteve uma tropa chamada Carajás em Montenegro, que funcionava durante os meses de férias e deixou um excelente livro de tropa manuscrito, registrando detalhadamente as atividades, inclusive com algumas fotos. Em 1966, fundou o GE Carajás 73 RS, em São Jerônimo. Gradativamente, iremos compartilhando este material, que inclui fotos, manuscritos, desenhos, certificados, etc.

Começamos com a “Carteira de Escoteiro”, referente ao registro escoteiro de 1944. Reparem que havia uma capa de couro no estilo livreto e este cartão central era trocado todos os anos, permanecendo a capa. Um período anterior a fundação da UEB, quando havia várias Federações.

Desfile Cívico em setembro de 1944. O segundo da esquerda para a direita é Ernesto Roth. Os demais não estão identificados.

Foto dos anos de 1940’s, provavelmente do mesmo ano da anterior, mas nenhuma identificação.

Dentista de profissão, na época em que aprendiam fundição e a trabalhar com ouro, principalmente para a confecção de coroas protéticas, desenvolveu como hobby eventual a ourivesaria. A partir de um chaveiro procedente de Gilwell Park, realizou uma moldagem da imagem de B-P, confeccionou o molde e contra-molde e finalizou a fundição, resultando na peça abaixo, fixada em uma pedra.

DSCN7506

Na base, gravou com broca odontológica a seguinte inscrição:

“Maurício,

A dureza da rocha; A pureza do ouro; A filosofia de um homem. Pense. Dezembro 1999″.

DSCN7512

          Em 1972, em correspondência trocada com o chefe José Meurer Filho, Comissário Regional, trata sobre a renovação do Registro Escoteiro do G.E. Carajás 73 RS e dá informações sobre informações sobre a conclusão das obras da sede própria do grupo, prédio ainda existente na cidade de São Jerônimo. Também fala em” aposentadoria” escoteira. fato que o Comissário tenta demovê-lo e que de fato funcionou, pois seu afastamento formal do escotismo só ocorreu em 1987.

          A folha oficial timbrada do Escritório Regional traz, durante estes anos da ditadura militar, listas verde-amarelas e os dizeres sobrepostos: “Ontem, hoje e sempre Brasil”.

 Há um farto material manuscrito com desenhos do próprio Ernesto Roth que foram feitos especialmente para mim,  a partir de 1990, quanto me tornei assistente de tropa e passei a ter “aulas particulares” sobre escotismo, nos fins-de-semana, na propriedade rural da família. No sábado a noite, após o jantar, iniciavamos as aulas e discussões que avançavam na madrugada. Este é o croqui final de um acampamento aéreo.

Diploma de Mérito da UEB, de 1970, parcialmente destruído durante um incêndio doméstico, recebido pela colaboração na realização do Campotec 70, na Ilha das Flores, em São Jerônimo.

Almoço de confraternização no extinto GE Gaycanãs, Instituto Porto Alegre (IPA), o último bem ao fundo, em posição central em relação a mesa é Ernesto Roth. Observe o menino bem a esquerda, em primeiro plano que utiliza o uniforme da escola e não o uniforme escoteiro. Também chama a atenção a presença de meninas neste encontro, uma vez que o IPA era um internato masculino.

Acampamento do GE Guaicanãs, década de 1940’s, local indeterminado. O uniforme diferente que aparece sendo usado por alguns jovens é o uniforme da escola (Instituto Porto-Alegre, IPA), assim como ocorre e está descrito na foto anterior a esta. Observem o estranho desenho da bandeira do Brasil, no canto superior direito.

Tropa reunida na Redenção, na semana da Pátria de 1942. O primeiro a esquerda agachado é Ernesto Roth.

Tropa acampando, década de 1940’s, local atualmente intederminado.

II Excursão da Tropa Carajás, de Montenegro, ao Posto Zootécnico, foto tirada em 9 de janeiro de 1943, cerimônia de hasteamento da bandeira nacional e da tropa, as 8 horas da manhã, segundo descrições do livro de tropa, registrado por Oscar Arthur Dreher, de totem Águia e escriba da tropa.

Carteira Escoteira utilizada durante a década de 1960. Percebam que havia o cargo que a pessoa ocupava descrito no documento.

Um escoteiro acampando na década de 1940’s, supostamente o próprio Ernesto Roth, mas a sombro no rosto não garante a identificação.

Foto que forma o topo da página de abertura do blog, mostra um desfile em Porto Alegre, na semana da Pátria de 1943, aqui publicada com a imagem integral.

Mesmo desfile da foto acima, mesmos personagens. Foto tirada de um ângulo inferior, na altura dos participantes.

Sequência de cinco fotos de uma excursão de Georg Black que constam no post do mesmo nome disponível neste blog, onde podem ser vistas ampliadas, com recortes e com os devidos comentários. Sugerimos uma visita aquele documento para uma melhor visualização das fotos e seus detalhes.

Livro da Tropa Carajás, de Montenegro, de dezembro de 1942, que relata as atividades desenvolvidas durante todo aquele verão. Gradativamento iremos publicando o restante do manuscrito que é bastante extenso. Esse material será mantido ao final desta página.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: