Arquivos de sites

Kit Leblon

O material será exposto na página Relicário, mas sua preciosidade e o fato de todas as peças estarem juntas, formarem um conjunto, faz com que mereça uma postagem individual, anunciando sua chegada, destacando estes itens de coleção, parte da memorabilia escoteira brasileira.

O material desta verdadeira “cápsula do tempo” repousa em uma pequena e delicada caixa de madeira dos “Productos Leblon”, produzidos em “Curityba”, Paraná. Esta caixa foi produzida pela tradicional Typografia Max Roesner e Filhos, que também era fábrica de caixas de papelão e se localizava no centro da cidade. Incluída a própria caixa, são 33 peças (), se considerar os 3 lobos como peça única (distintivos de promessa de lobinho), embora os 3 possam ser cortados e separados individualmente. Referindo-se aos distintivos, apenas 3 peças tem marcas de utilização. Há, também, 3 peças misteriosas que não puderam ser identificadas de pronto, inclusive duas parecendo não ser material escoteiro.

O lote pode ser visto em sua totalidade na imagem abaixo, e inclui até um Anel de Gilwell, assim como uma bússula, estrela de atividade de 3 anos de chefe, daquelas com ilhós para ser costurada no uniforme, outra estrela menor com dois pinos para fixação e um pequeno distintivo de lapela.

DSC_1301

Conjunto dos itens

DSC_1299

Tampa da cápsula do tempo

Merecem destaque os “irmãos gêmeos”, uma dupla de distintivos que exigiu alguma pesquisa para a sua definição, pois são Distintivos de Chefe com o Curso Básico Nacional, uma preciosidade que desconhecíamos:

 rte composto

A dupla de Gêmeos

A dupla de Gêmeos

Do mesmo período, há “os Quintuplos”, cinco distintivos de Primeira Classe do período de 1950, produzido ela empresa Helvetia, que existe há mais de 80 anos.

DSC_1275

Quintuplos

Desta mesma época é o distintivo e a plaqueta do II Ajuri Nacional, realizado na Ilha do Governador, em Tubiacanga, de 14 a 24 de fevereiro de 1957.

“ O ajuri nacional, do Rio de Janeiro, é o marco triunfal do ano escoteiro.”

DSC_1279

Detalhe da plaqueta:

DSC_1281

 

Os listéis estaduais em branco, assim como o listel de grupo, este feito de cadarço serigrafado, também eram empregados na década de 1950.

DSC_1276

Entre 2 e 8 de Janeiro de 1964 aconteceu o I Acampamento Nacional de Sêniores, em Cachoeira do Sul (RS) e este é o respectivo distintivo.

DSC_1286

I Acampamento Nacional de Sêniores, em Cachoeira do Sul (RS),  de 2 a 8 de janeiro de 1964.

Os 5 irmãos, Distintivos de grupo e região, em plástico, utilizados no período de 1960, de diferentes unidades escoteiras locais. O Relatório da Comissão Executiva da Região do Rio Grande do Sul, de março de 1958 identifica os seguintes grupos e numerais:

18 – Tupanciguara, de Santa Maria;

20 – do Ar Tupanciretã, da mesma cidade;

33 – Tupinambá, de Erechim;

43 – Coroados, de São Leopoldo;

85 – Não consta nesse relatório.

Portanto, poderá haver alguma discrepância entre os números e os grupos já que não sabemos o ano de fabricação de cada um deles e poderá haver variações.

DSC_1289

Em 1967, o Rio de Janeiro sedia o primeiro Jamboree Panamericano, do qual estão presentes o chaveiro e uma cédula de Tamoio, o dinheiro do evento.

DSC_1304

Atividade de crescimento, o Expansão 70, onde os grupos escoteiros eram estimulados a promover diferentes ações de captação e visibilidade do escotismo, está presente com o distintivo de Promotor.

DSC_1273

Há dois topes de boina, o esmaltado com padrão anos 50-60, pois já consta esta descrição no Regulamento Técnico já citado e o outro que certamente é anterior.

DSC_1284

Os “irmãos siameses” nasceram unidos e assim permaneceram por toda a sua vida:

DSC_1274

O distintivo de lapela, além de muito pequeno e delicado está bastante desgastado.

DSC_1305

Única peça estrangeira, o distintivo da associação japonesa aparenta também ser de algumas décadas atrás e insiste em permanecer enrolado.

DSC_1293

Duas estrelas diferentes, uma de três anos de chefe e outra que parece ser de progressão do ramo Lobinho.

DSC_1295

Sobram, ainda, as 2 peças misteriosas que não parecem escoteiras:

DSC_1290

Ainda sob pesquisa…

DSC_1301

Semelhante a um pin, com as iniciais JPG

Anúncios

Congresso Regional Escoteiro do RS

MaisUmEscoteiro

Há muito que deixei “adormecido” o blog MaisUmEscoteiro. As razões são várias: evitar confusão dos meus pensamentos com o posicionamento institucional; as andanças pelo interior do RS em eventos, Grupos, Distritos tomam bastante tempo; a correria do dia-a-dia profissional, etc.

Entretanto, depois de um final de semana especial, como foi o do Congresso e Assembleia Regional dos Escoteiros do RS, não poderia deixar de postar algo para compartilhar com os amigos, irmãos e ideal e, ao mesmo tempo, para parabenizar todos os envolvidos para o sucesso deste evento.

CRE SM 08 Quando falo todos, quero dizer todos mesmo: a equipe profissional do Escritório Regional, os Diretores e Coordenadores Regionais, o 4º Distrito Escoteiro de Santa Maria e, lógico, cada Grupo Escoteiro do RS que se fez representar, tanto no Congresso, quanto na Assembleia.

Para aqueles que achavam que o evento de 2014, em Rio Grande, havia sido um sucesso (e nós da Diretoria…

View original post mais 290 palavras

VI Jamboree Nacional

Acabamos de viver uma experiência muito gratificante e que nos enche de orgulho.

O VI Jamboree Nacional, em Parnamirim, Rio Grande do Norte, foi memorável. Sem dúvida, os Escoteiros do Brasil atingem um patamar mais elevado na organização e promoção de grandes eventos nacionais.

Estrutura física e de alimentação adequadas, bem dimensionadas. Uma enfermaria ágil, ambulâncias disponíveis no campo, deslocamento rápido para hospitais de referência.

DSC_0137

 

Um programa atraente, diversificado e muito instrutivo para os jovens.

Problemas? Com certeza houve alguns, enfrentados com rapidez e coerência.

Todos nós, escoteiros que estivemos no evento, trabalhando para que os jovens tivessem uma atividade memorável, já temos saudade deste jamboree. Parabéns a Direção Nacional, a Equipe do Escritório Nacional e a Direção Regional do Rio Grande do Norte.

DSC_0018

Houve a participação de contingentes estrangeiros, com destaque para o Chile, muito simpáticos, organizados e queridos. No subcampo 6, Tourinhos, estava a tropa sênior chilena (fotos abaixo).

10934019_10204904474385748_2260174642075292563_n

DSC_0446

DSC_0116

Chile participando da pintura do painel do subcampo 6

DSC_0056

 

DSC00490 DSC00474

As trocas de material escoteiros, como distintivos, lenços, etc. sempre é marcante em todos os eventos escoteiro. O Chefe Fred Neves (MG), instalou para o Clube Cobras, sua tenda que funcionou como ponto permanente de trocas.

DSC_0231

 

DSC_0234

Diretor Presidente, Marco Romeu, acompanhando as trocas.

encobras

Foto oficial do encontro do Clube Cobras.

DSC_0019Bastão de Selfie escoteiro, nova pioneria desenvolvida no jamboree.

DSC_0008

 

DSC_0192 DSC_0384 DSC_0417

DSC_0342

DSC_0308

 

DSC_0296

 

DSC00541

Ansiosamente, já esperamos o VII Jamboree Nacional, em São Paulo, no ano de 2018.

JOTI, Nós enlouquecemos

joti 2014

 

Essa é a quarta participação do Grupo Escoteiro Chama Farroupilha 183 RS no JOTI, sempre uma experiência muito envolvente e interessante, que desafia a organização e a capacidade de trabalho do grupo.

Sempre se destaca o trabalho e a dedicação da “Família Krause”, se não fosse por eles, nosso desempenho seria muito prejudicado. São eles José Carlos Krause Lopes, Berenice Teixeira Lopes, Alexandre Teixeira Lopes e nossa líder no evento, Letícia Teixeira Lopes.

Expomos aqui algumas das respostas produzidas e na outra parte, os bastidores da base.

Tarefas:

Bonecão do posto tá maluco, tá doidão. Tarefa #1, o primeiro membro da base, com a nossa cara no Joti, a Letícia Teixeira Lopes.

10516738_838988652800095_5479481794403306845_n

Amigos para sempre é o que nós queremos ser, na primavera ou em qualquer das estações.

10369686_839107612788199_2809350193041230691_n

10730839_839255542773406_9146487660809751321_n

Vai uma especialidade aí? Em um grupo cheio de gurias vaidosas…

10418182_839065749459052_1953013295150636993_n

Limpando o nariz sem usar os dedos.

10458782_839194546112839_3414503548122042564_n

História em quadrinhos

10269465_839193586112935_1718909793964903385_n

Avanço tecnológico, típico do Professor Pardal, será a solução para situações de emergências em acampamentos.

10703765_839119126120381_6299864818022354582_n

Somente os cadastrados, o desafio da coordenação:

1559522_839169492782011_6080303372369241191_o

 

 

Bastidores:

A “Workstation”:

Wi-Fi banda larga oferecido pelo diretor Luiz Carlos Machado, o Calo.

IMG-20141019-WA0000

DSCN0509

DSCN0499

DSCN0497

DSCN0535

Na “ilha de edição”, Chefe Letícia trabalhando e sendo observada pelo seu pai, Chefe Krause.

leticia dj

Equipe de apoio da alimentação, trabalhando na cozinha da sede.

DSCN0522

Base anexa, na Caverna Pioneira, movida a litros de refrigerante.

DSCN0505

Criando uma especialidade, de pé, na rua, olhando a chuva.

DSCN0512

Novo avanço tecnológico em produção no Laboratório de Tecnologia Avançada do Chama Farroupilha

DSCN0519

Mesas de trabalho e recreação

DSCN0492

Foi uma atividade muito boa, com certeza todos desfrutaram, fato percebido no semblante e comentários dos jovens.

Mais informações da participação do Chama farroupilha e tarefas completas podem ser acessados no blog oficial do grupo:

http://gechamafarroupilha.blogspot.com.br/2014/10/veja-as-tarefas-do-scout-joti-chalenge.html